Augustinopolis-TO, segunda, 27 de setembro de 2021

Educação

Tenente Auricélio fala sobre implantação do CPM de Augustinópolis e expectativas de trabalho.

04/03/2019 18h53 | Atualizado em: 04/03/2019 20h00


Na última quinta (28), foi publicada, no Diário Oficial do Estado do Tocantins, a nomeação do Diretor do Colégio da Polícia Militar de Augustinópolis. Após dois anos trabalhando na sede do 9º BPMTO, em Araguatins, o Tenente Auricélio da Cruz Sousa retorna a Augustinópolis, onde trabalhou como Soldado e como Oficial da Polícia Militar.

 

Em entrevista ao Website PortalGeiza.com, o recém nomeado Diretor do CPM de Augustinópolis, Tenente Auricélio falou sobre o mais novo CPM do Tocantins, projetos e propostas para o trabalho pedagógico da escola.

A implantação do Colégio da Polícia Militar Unidade XI

A implantação do Colégio da Polícia Militar de Augustinópolis se deu por uma soma de fatores positivos que coincidiu com o projeto de reordenamento promovido pela Seduc. Já havia uma solicitação política para a implantação de um CPM na cidade de Augustinópolis, porém, esse pedido ainda estava sob análise, pois dependia de outros fatores. Quando surgiu a reorganização local, em que o Estado reestruturou a Escola La Salle, os alunos que estavam sendo atendidos por meio de convênio na Escola Comunitária de Augustinópolis migraram para a nova escola militar da região, que se chama Colégio da Polícia Militar La Salle.

Proposta Pedagógica Colégio da Polícia Militar Unidade XI

O CPM de Augustinópolis é uma escola de ensino fundamental e segue a mesma proposta pedagógica que as demais escolas públicas estaduais. A diferença é o trabalho disciplinar dentro da escola que é diferenciado. Com uma base disciplinar bem trabalhada, os resultados pedagógicos se tornam mais favoráveis. O CPM alia disciplina e estudo como pilares na formação de seu discente.

O retorno a Augustinópolis como Diretor do Colégio da Polícia Militar Unidade XI


Retornar a trabalhar em Augustinópolis sempre é um prazer imenso. Afinal, foi justamente onde trabalhei como soldado, comandei pelotão como Oficial da PM, e tive o primeiro contato com escola por meio de trabalho voluntário. Já são quatorzes anos trabalhando com projeto de handebol escolar, no qual atuando como voluntário, aprendi muito com erros e acertos. Além disso, vim de uma experiência de um ano como Chefe da coordenação pedagógica e subdiretor do CPM de Araguatins. Todo esse contexto tem sido importante para construir com toda a equipe civil e militar a nossa escola. Só tenho a agradecer ao Comando da Polícia Militar e à Secretaria de Educação do Estado do Tocantins pela oportunidade.



O Colégio da Polícia Militar de Augustinópolis atende cerca de 700 alunos, possui dezenove turmas, que vai do 4º ao 9º ano, e cerca de cinquenta servidores. A partir do ano que vem, o ingresso ao CPM se dará somente por meio de seletivo.
 

Deixe seu comentário